Ser-Hum-Mano

Depois da bem sucedida estréia com o cd Berimbau Blues (Prêmio Sharp Revelação da MPB em 1997) e do polêmico e estimulante Gongolô (em 2000) que ultrapassaram as fronteiras do nosso país, mestre Dinho Nascimento vem com mais um inusitado álbum: “Ser Hum Mano”. O novo cd do percussionista, cantor e compositor baiano, vem temperado com novidades e participações muito especiais: o lenda-viva do samba paulistano, Osvaldinho da Cuíca; o consagrado percussionista Marcos Suzano e seu precioso groove de pandeiro; o sopro vital, firme e singelo da flauta de Toninho Carrasqueira; a sutil colocação dos scratchs do DJ Cia; e, o depoimento breve, direto e explícito do rapper Sandrão (RZO). No repertório, as traquinagens de “Saci Pererê tem Uma Perna Só” de Dinho Nascimento e Lumumba e “Um Mundo nº 1″ de Dinho com Guca Domênico, contam com a espontaneidade de um pequeno coral infantil; “Pescaria” de Dorival Caymmi é o momento de louvação à sua terra e ao mar; “Muita Gente é Zumbi” traz figuras da nossa luta pela liberdade (autoria de Dinho e Valdir da Fonseca). Audacioso e surpreendente, quase um blues é o instrumental “Hino Nacional Brasileiro”, duo de berimbau e cuíca.

Onde Comprar este disco